Como você lida com o dinheiro

O dinheiro tem um papel fundamental na vida de qualquer pessoa. Partindo da aquisição de produtos essenciais para a nossa existência e, também, sendo um importante elo que permite às pessoas realizarem seus sonhos e desejos.

00
Comportamento
dinheiro-administrar

Afinal, o dinheiro tem um papel fundamental na vida de qualquer pessoa.

Tenho uma pergunta muito simples e interessante.

Lidar com o dinheiro é um problema na sua vida?

Convenhamos que não é muito difícil deduzir a resposta dessa pergunta. Pelo menos para a maioria das pessoas.

E sendo bastante objetivo, eu tenho certeza que a maioria dos leitores respondeu que sim. 

Mas não deveria ser assim.

O que acontece é que grande parte das pessoas associam o dinheiro a algum tipo de problema.

Quando escasso, ele representa grandes problemas. Principalmente quando se torna inviável a aquisição de bens e serviços básicos do dia a dia, o que é bem claro.

Quando ele se equilibra com as contas, a sensação que fica é que nunca parece haver o suficiente para realizar cada uma de suas metas e sonhos.

E pasmem, existem pessoas que lidam negativamente com o excesso do dinheiro.

O fato é que as pessoas acabam por se tornarem reféns desse dinheiro, que suga as suas vidas e as torna muito mais pesadas e difíceis. Entretanto, isso ocorre na contramão do que realmente deveria.

Afinal, o dinheiro tem um papel fundamental na vida de qualquer pessoa. Partindo da aquisição de produtos essenciais para a nossa existência e, também, sendo um importante elo que permite às pessoas realizarem seus sonhos e desejos.

Portanto, talvez seja a hora de encarar o dinheiro de um modo diferente e parar de transformá-lo em vilão da sua vida.

Até mesmo porque, pode ser é que seja você o vilão da sua própria vida.

Não entendeu o motivo? Acompanhe-me nesta leitura e descubra o motivo pelo qual o seu corpo é capaz de revelar importantes segredos da sua mente e te fazer entender melhor a razão pelos problemas financeiros que você tem enfrentado.

Qual é o real problema do dinheiro?

Em um primeiro momento pode até ser difícil de entender que não é o dinheiro ou, até mesmo o mundo, os verdadeiros responsáveis por tornar a vida de uma pessoa difícil.

Mas somente em um primeiro momento.

À medida que você procura se conhecer melhor e busca entender mais sobre a sua trajetória, você descobre que existem outras razões que te impedem de conquistar o sucesso financeiro, por exemplo.

E entender que a verdadeira razão de grande parte dos seus problemas se encontra nas relações de dependência emocional que você têm desenvolvido ao longo dos anos.

Mas peraí, não é pra culpar essas pessoas que têm contribuído para você permanecer nessas relações não.

É preciso, antes de qualquer coisa, assumir a responsabilidade pelas suas escolhas. E são elas que te mantêm em um mundo que não te faz vibrar e, nem mesmo, te faz desejar.

Afinal de contas, qual é o verdadeiro problema do dinheiro? Qual é o verdadeiro problema em ganhar dinheiro?

Os caminhos para conquistar o sucesso são inúmeros. 

Acontece que para ganhar esse dinheiro você precisa enxergar a situação sob um outro ponto de vista. Precisar romper certos laços e parar de viver uma vida que você não nasceu para viver.

E quer saber a verdade?

Talvez você nem queira isso. Talvez seja essa a vida que você decidiu ter e está tudo bem. Porém, uma coisa nós podemos te garantir. Não só o dinheiro mas como a vida, vão ter um peso muito maior.

Principais razões para o dinheiro ser um peso

Existem inúmeras razões responsáveis por tornar o dinheiro um fardo difícil de carregar. E a principal motivação para cada uma delas se encontra na sua tomada de decisão.

Pode parecer um tanto quanto singelo afirmar isso. Mas é o que de fato ocorre. E como dissemos há pouco, o primeiro passo para tomar uma nova vida é fazer escolhas melhores.

Porém, ficar preso em certos ambientes e situações vão te impedir, até mesmo, de enxergar isso claramente.

E algumas dessas razões são:

1 – Negligenciar os seus traços

Todo ser humano possui 5 traços de caracteres. Esses traços foram formados durante o processo de mielinização e são os principais responsáveis por você aparentar ser quem você é e, também, por você pensar da forma que pensa.

Em outras palavras, o processo de mielinização contribui para a modelação do corpo e mente de uma pessoa.

Porém, o que ocorre é que muitas pessoas não se conhecem como deveriam e deixam de usufruir dos verdadeiros recursos que ela possui.

Seja porque ela cresceu em um ambiente que não estimulou esse autoconhecimento, ou pelo simples fato de que ela está acomodada com a vida que tem. 

O fato é que ela está nadando contra a correnteza e o esforço é definitivamente maior para que ela possa atingir os resultados que precisa e quer alcançar.

2 – Viver uma vida que não é sua

Nesse caso, vamos ilustrar para ficar bem simples de entender.

Imagine que seu pai foi sempre uma pessoa muito dedicada aos seus estudos. Se esforçou para pagar uma escola particular e foi muito assíduo durante toda a sua formação.

Entretanto, ele tinha um sonho.

De que você se tornasse um médico.

E então você dedicou toda a sua vida para atingir esse sonho.

Mas sabe qual é o problema? Esse sonho não era seu.

Pelo contrário, você queria mesmo é ser um artista, e de fato tinha o dom para isso. Mas escolheu viver uma vida que não é sua.

E toda vez que você for a um plantão, provavelmente vai pensar que não deveria estar ali. Mesmo que o salário seja alto, esse dinheiro tem um possui um peso maior do que deveria.

3 – Ter que dizer não

Você já parou para pensar que talvez esteja fugindo do dinheiro? 

E isso porque você não quer ter que dizer não para as pessoas.

Afinal, se você realmente tivesse recursos e condições financeiras, você teria que dizer não. Caso contrário seria sempre um novo empréstimo, uma nova dívida emocional a ser quitada.

O fato é que, para evitar dizer não, você preferiu responsabilizar o dinheiro pelos seus problemas e tratá-lo como vilão, assim como as pessoas que estão ao seu redor.

E, desde então, o dinheiro se tornou muito pesado para ser carregado.

Dependência Emocional

E aí? conseguiu perceber o que essas três razões possuem em comum?

Nos três casos que descrevemos neste artigo, a dependência emocional é a principal responsável por te manter em um mundo de insucesso.

E você se mantém preso a essas situações e ambientes para não ter que romper certos laços. Porém, mantê-los da forma que você tem mantido faz com que você viva na dor dos seus traços de caracteres.

E se aprofunde nessas relações de dependência emocional.

E não só o dinheiro mas todos os seus sonhos e desejos ficam em segundo plano.

Isso é realmente justo?

É realmente preciso abdicar da própria vida somente para agradar um grupo de pessoas ou, até mesmo, alguém em particular? 

E esse exercício de reflexão não tem o objetivo de dizer que seus pais, parentes ou parceiros sejam os culpados por você não ter sucesso.

Mas sim para despertar um senso de responsabilidade em relação às escolhas que você tem tomado para a sua vida. 

Antes de se importar de fato com outra pessoa é preciso se importar consigo mesmo.

Não é tarde para que você descubra o grande valor que é viver a sua própria vida. E quer saber como isso é possível?

pensando-reflexão

Existe um mundo incrível e cheio de oportunidades capazes de fazer com que você atinja o verdadeiro sucesso que você deseja.

 

1 – Conheça a si próprio

Antes de mais nada, descubra quem você é. Uma boa dica é que você faça uma análise corporal e conheça quais são os seus traços de caracteres. 

Fazer isso lhe trará muita clareza sobre os problemas que você tem enfrentado durante a sua trajetória de vida.

 2 – Busque identificar suas relações de dependência

Faça uma análise sobre sua vida e procure identificar quais são as relações de dependência emocional que você têm desenvolvido. 

E quer saber? Você vai se chocar com o fato de que ela está presente na maior parte das relações que você tem vivido.

Mas não quer dizer que você vai precisar terminar com todo mundo, não é isso.

E para te ajudar a compreender melhor essas relações e te fornecer dicas de como lidar com isso, nós desenvolvemos uma série de vídeos incríveis no nosso canal do youtube.

Confira no link abaixo.

https://www.youtube.com/watch?v=PwGjXB_Nxg0&list=PLr9rlfdxca31FxR10CYw-GI7kNk9HuaSD

 3 – Colocar os seus traços no recurso

Por último, mas não menos importante. Mais do que apenas conhecer os seus traços, é preciso respeitá-los e fazer com que eles vivam em harmonia.

Ou seja, é preciso parar de orientar a sua vida a fim de suprir as necessidades e expectativas de outras pessoas.

Existe um mundo incrível e cheio de oportunidades capazes de fazer com que você atinja o verdadeiro sucesso que você deseja.

Trabalhando em uma área que você realmente deseja. Se relacionando com pessoas que você realmente quer ter por perto.

E vivendo uma vida que você de fato nasceu para viver.

Isso vai tornar o dinheiro, e a sua vida, muito mais leve.

Se você gostou desse artigo, compartilhe com seus amigos e outras pessoas que possam gostar. E não se esqueça de deixar o seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

No comments found.

Veja mais na categoria

Power by::