“Meu casamento é ruim” – O que fazer a partir de agora?

Pois bem, a analogia que fazemos aqui é muito simples. A de que fazer parte de um relacionamento, de um casamento, é como se duas pessoas comprassem uma passagem e embarcassem rumo a uma trajetória de vida juntos.

00
Relacionamentos

“…prometo amar-te e respeitar-te na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, por todos os dias da minha vida, até que a morte nos separe.”

Esse texto costuma representar a trajetória de um casal, onde muitos acreditam ter encontrado o amor das suas vidas. A pessoa que vai estar ao seu lado, dia após dia, até que a morte os separe. Pena que isso nem sempre é o que acontece.

Aliás, com um olhar mais clínico, fica bastante nítido perceber que as coisas costumam ir para um lado muito mais negativo, cheio de conflitos e ressentimentos.
Muito oposto a tudo aquilo que é idealizado no começo de um relacionamento.
E casamentos ruins e infelizes são muito mais comuns do que imaginamos.

O ponto é que essas coisas nem sempre são verbalizadas. Mas o fato de a insatisfação não ser colocada pra fora não elimina a sua existência.
Mediante a essa situação, a pergunta que fica é a seguinte.
Por que as pessoas insistem em viver em um relacionamento infeliz?

Isso sem contar que, na grande maioria das vezes, nada é feito para tentar entender e lidar com os problemas que vão surgindo.
E não pense você que é simples construir um relacionamento saudável. Mas, se isso não for o objetivo do casal, aí fica de fato impossível chegar lá.

Mas, o que fazer quando um relacionamento vai de mal a pior? É sobre isso que vamos falar no artigo de hoje. Portanto, se o seu relacionamento não vai bem ou se você apenas quer saber mais sobre o assunto, acompanhe-me nesta leitura.

4 Sinais de que um casamento não vai bem

É evidente que nem todo mundo concorda com a ideia que o casamento é algo simples de lidar. Muito pelo contrário.
Mas existe uma diferença muito grande entre os desafios que precisam ser enfrentados, dentro de um matrimônio, e os sinais que evidenciam que esse relacionamento não está indo muito bem.

É verdade que, em um relacionamento saudável, é muito mais fácil lidar com esses desafios. Mas isso não significa que eles não deixem de existir.
Por outro lado, quando o caos está instaurado, lidar com esses desafios do dia a dia é extremamente mais difícil. Fator que gera um grande desgaste entre as partes e pode levar, facilmente, uma pessoa a viver na dor dos seus traços de caracteres.

Aliás, para chegar ao ponto de um relacionamento infeliz, é bem provável que algum dos lados esteja vivenciando a dor existencial dos seus traços e nem mesmo sabem disso.

Só que esse assunto a gente vai falar um pouco mais adiante.
Por hora, a ideia é distanciar dois pontos:

Desafios de um casamento X Casamento com problemas/infeliz

Que fique claro que um não tem nada a ver com o outro.

Portanto, qual é a melhor maneira de identificar se um relacionamento apenas está passando por desafios ou se ele realmente está vivendo sérios problemas?
E para te ajudar com isso, conheça alguns sinais que podem servir de indício para revelar um relacionamento infeliz.

1) O diálogo não existe mais

Não dá pra negar que o diálogo é uma parte muito importante de um relacionamento. Afinal de contas, essa é a melhor maneira de expressar o que se sente, o que se fez, o que se quer. É claro que nem todas as pessoas são do tipo que colocam tudo pra fora. Algumas acabam guardando muito do que sentem para si mesmas. Outras são mais práticas e expressão somente o que é necessário.

O fato é que existem sim essas diferenças e que precisam ser respeitadas. Mas, não dá pra conviver em um relacionamento onde existe a falta absoluta de diálogo. Isso sem contar os casos onde esse diálogo é substituído por intermináveis brigas e discussão.

2) O casal caminha em direções opostas

Próxima parada: Um relacionamento fracassado. Pois bem, a analogia que fazemos aqui é muito simples. A de que fazer parte de um relacionamento, de um casamento, é como se duas pessoas comprassem uma passagem e embarcassem rumo a uma trajetória de vida juntos.

Porém, o que acontece quando no meio dessa viagem uma pessoa percebe que pegou o trem errado? Quando ela percebe que esse trajeto está levando-a para muito longe dos seus verdadeiros desejos e objetivos. O que fazer? Pegar a próxima parada ou continuar em uma direção absolutamente diferente do que realmente se deseja.

Não entendeu? Na verdade, é muito simples. Imagine que um dos lados queira ter filhos e o outro não. Ou que um tenha o sonho de mudar de país, já o outro não quer se afastar dos pais, até porque eles já estão em uma idade avançada. Enfim, essas dissonâncias podem, definitivamente, arruinar um casamento.

A questão é seguinte. É evidente que dentro de um relacionamento existam concessões e acordos, não é mesmo? Mas, qual é o limite dessas concessões? Afinal, você abriria mão de todos os seus sonhos? Reflita.

É evidente que nem todo mundo concorda com a ideia que o casamento é algo simples de lidar.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

No comments found.

Veja mais na categoria

Power by::