Quem é você em uma entrevista de emprego?

De que ninguém é igual você já sabe, não é mesmo? Lidamos com as coisas de um jeito diferente pra tudo na vida, inclusive em uma entrevista de emprego. Saiba como lidar com esse desafio de um jeito muito mais leve.

00
O corpo explica

quem é você em uma entrevista

Concorrer a uma entrevista de emprego não é nada fácil, independente de qual de qual for a etapa em que você se encontra. 

Quem aqui já não teve dentro do seu computador um documento intitulado “Seu nome CV” ou somente “Curriculum Vitae”.  

E aposto que não foi nada fácil achar o modelo ideal. Tem gente que fala que tem que pôr foto, outros não. Tem gente que diz pra mandar várias frases de efeito, tem gente que não. Pra falar a verdade é bastante difícil achar um consenso diante a tanta variedade disponível. 

E olha que não mencionamos sobre a busca pelas vagas. Essa exige ainda mais atenção e cuidado. Até porque, pra 1 vaga disponível costumam vir umas 50 pessoas na disputa, isso em um cenário bastante positivo.  

Buscar as vagas que estão disponíveis e criar um bom currículo são tarefas que precisam ser muito bem feitas, disso não restam dúvidas. 

Mas não tem como negar que a entrevista é a etapa mais complexa e que acaba tirando o sono de muita gente. 

É por isso que nós decidimos separar algumas dicas que vão te ajudar nessa fase, dependendo de qual for o seu principal traço, é claro. 

Combinado? Então bora entender isso na prática. 

Cada um é de um jeito 

Que as pessoas são diferentes, umas das outras, você já sabe. E você nem precisa conhecer O Corpo Explica pra saber disso. 

Quem aqui nunca ouviu aquela bendita frase da mãe: “Você não é igual a todo mundo”. 

Esse é um fato que não existe contestação. Mas você quais são os verdadeiros motivos por trás dessa “diferença”?  

Ao todo, existem 5 traços de caracteres que foram desenvolvidos na mielinização do sistema nervoso. Todo mundo, ou pelo menos as pessoas que já concluiu esse processo, vai ter esses 5 traços dentro de si, moldando o seu corpo e a sua mente. 

A razão das diferenças é que a intensidade que esses traços se manifestam não vai ser igual de pessoa pra pessoa, e o que vai determinar isso é o que uma pessoa sente durante a mielinização de cada traço. 

É por isso que as pessoas pensam e agem de um jeito diferente, umas das outras. Mas perceba que mesmo com tanta diferença ainda existem alguns padrões. E esses padrões vão aparecer com mais clareza quando uma pessoa tiver um traço predominante. 

Por exemplo, se alguém tem o Traço Oral predominante, já fica evidente que ela vai ter um pézinho a mais no lado emocional. O contrário seria se ela tivesse muito do Traço Esquizoide, o que a levaria para um comportamento mais racional. 

O que muda em uma entrevista de emprego 

Essa diferença de pensar, sentir e agir vai se manifestar em cada situação que você tiver que lidar, pra bem ou pra mal. Pra mal se você forçar a barra tentando agir muito diferente do modo como você foi programado pra agir. 

Quando você entende o seu jeito de funcionar você consegue conduzir as situações de um jeito muito melhor. E isso também vale para uma entrevista de emprego. 

Sabendo utilizar o que tem de melhor de cada um dos seus traços, os seus recursos. Isso vai evitar que você cometa vários deslizes e até saiba alguns “truques” pra ter um resultado ainda melhor. 

Então, sem mais delongas, confira algumas dicas que eu separei pra cada um dos 5 traços de caracteres. Te garanto que alguma coisa você vai poder aproveitar pra sua próxima entrevista. 

Bora conferir então: 

Esquizoide 

É preciso tomar cuidado pra não se sentir muito coagido e com medo de expor seus pensamentos e ideias, com receio do entrevistador te achar estranho demais, ou que não concorde com a sua opinião.   

Dica: Não tenha medo de ser quem você é. Pode ser que o seu jeito pareça estranho para algumas pessoas, mas se você demonstrar só um pouco capacidade criativa, isso vai te garantir muitos pontos. 

Oral 

Ser comunicativo é muito bom, é claro. Só tome cuidado pra não extrapolar. E quando esse traço está na dor ele pode apresentar um alto grau de carência, o que não vai ser uma boa na hora da entrevista. 

Dica: Use o seu poder de se conectar para estabelecer uma comunicação que faça sentido para os dois lados. Afinal, essa habilidade é muito útil na formação de equipes e em várias áreas de atuação. 

Psicopata 

Tentar conduzir a entrevista, tentando assumir total controle da situação, é uma coisa que não pode repercutir muito bem para quem realmente deveria estar no controle disso. 

Dica: Usar sua habilidade para negociar não com cada um dos seus traços, tentando aproveitar o que melhor eles podem oferecer em uma situação de entrevista. 

Masoquista 

Cometer uma gafe, por menor que ela seja, pode ser uma coisa que deixa as pessoas que tem muito desse traça com os nervos à flor da pele. Motivo para ela travar no meio da entrevista. 

Dica: Uma boa maneira de aliviar a pressão é treinar a sua apresentação e estar bem preparado para as principais perguntas que o entrevistador possa fazer.  

Rígido 

A indecisão pode ser um grande problema se ela impedir alguém com muito desse traço de responder questionamentos simples e objetivos.  

O melhor jeito pra resolver isso é ter convicção de que esse emprego é realmente o que você quer. Além disso, definir quais são suas metas e objetivos que vão te ajudar na hora de tomar uma decisão. 

Lembrando que pra todo esse desafio fazer sentido é importante alinhar os seus desejos e aspirações profissionais do o seu jeito de funcionar. 

Ingressando em uma carreira que realmente faça sentido e que você deseje de verdade. Certo? 

E você, já teve alguma situação inusitada e inesperada em uma entrevista de emprego?  

Comenta aqui. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

No comments found.

Veja mais na categoria

Power by::