Masoquista - Paciência, força e resiliência Masoquista

Paciência, força
e resiliência
  • Período de Formação:  Desfralde
  • Período:  Entre 2,5 e 3,5 anos
  • Região Mielinizada:  Lombar
  • Dor existencial:  Humilhação
  • Recurso:  Consolidação
Introdução ao traço Masoquista Introdução ao traço Masoquista

Introdução

O Masoquista é o quarto traço de caráter formado a partir de um processo chamado de mielinização do sistema nervoso. Processo onde as pessoas desenvolvem o controle e a sensação em relação ao seu corpo e mente. E isso vale para cada um dos cinco traços de caracteres.

Agora, o que você precisa saber é que cada traço possui características específicas. Em outras palavras, os traços são os principais responsáveis pelo modo de ser, agir e pensar de uma pessoa.

E claro, pelo formato do seu corpo também. Afinal, é através dele que conseguimos revelar todas as informações escondidas na mente de qualquer pessoa. E lembrando que, toda pessoa é formada por todos os cinco traços. Nem mais, nem menos.

É essa mistura que faz com que cada pessoa seja absolutamente única. Agora que você já sabe disso, vamos conhecer melhor o traço de caráter Masoquista.

Momento

Existem diversas situações que podem marcar a vida de uma criança. O que é de se esperar, afinal, estamos falando de uma fase onde se aprende uma imensidão de novas coisas.

Um processo de evolução constante e que é muito importante para sermos quem somos. Ainda mais quando levamos o modo como o meio causa grandes impactos na nossa mente e corpo.

E quando falamos disso, não podemos deixar de falar daquele momento onde a criança está desenvolvendo o controle da região lombar para finalmente dar adeus às fraudas. É esse momento, referente ao desfralde, que se desenvolve o traço de caráter Masoquista. Momento onde todas as energias estão concentradas na região lombar.

Momento do traço Masoquista Momento do traço Masoquista

Dor existencial

Existe uma razão para que cada traço de caráter venha a se desenvolver. E essa razão está intimamente ligada a uma dor. Uma dor tão grande que, para sobreviver, o nosso corpo e mente se desenvolvem de um jeito para não ter que lidar mais com essa dor.

É o que chamamos de dor existencial. A dor existencial do traço de caráter masoquista é a dor da humilhação. Foi a dor da humilhação que fez com que o traço de caráter masoquista se desenvolvesse.

E isso aconteceu quando a criança começava a ter mais controle em relação aos seus esfíncteres. Em outras palavras, quando ela aprendia a controlar o xixi e o cocô. O problema, nessa fase, é que ela nem sempre ocorre de maneira natural e sem “intercorrências”.

É muito comum que na expectativa dos filhos finalmente largarem as fraldas, que os pais tentem acelerar esse processo. E mesmo que não o façam, o fato é que essa transição pode resultar em momentos onde a criança não vai conseguir segurar e vai acabar sujando as calças.

Quando isso acontece, é natural que vez ou outra os pais acabem demonstrando algum tipo de frustração. E são momentos como esse que podem fazer com que a criança se sinta humilhada. Afinal, diante de tanta frustração é natural ela ter o seguinte pensamento:

“Tudo que eu faço é errado, tudo dá merda.”

Lidar com essa dor é algo que pode ser devastador na vida de uma pessoa que tem muito do traço de caráter masoquista. É por causa disso que ela aprende a segurar, a se controlar, a resistir. Tudo isso para não dar mais “merda”.

Recurso

Sentir-se humilhado não é uma coisa nada fácil de lidar. Agora imagine ter que carregar essa dor por toda a vida? Pode parecer o fim do mundo, mas não se preocupe. Existe algo muito bom em ter muito do traço de caráter masoquista. Assim como cada um dos outros traços de caracteres.

A verdade é que, para lidar com a dor existencial dos nossos traços de caracteres, o nosso corpo e mente se moldam de um modo que possamos superar essas dores e viver uma vida plena e feliz.

E isso ocorre pois desenvolvemos um conjunto de habilidades que que nomeamos aqui, no Corpo Explica, como recursos. E quando falamos do traço de caráter masoquista, estamos falando do recurso da consolidação.

É através desse recurso que pessoas com muito do traço de caráter masoquista poderão se tornar excelentes em:

  • Suportar coisas difíceis;
  • Repetir processos;
  • Ter atenção aos detalhes;
  • Planejar.
Formato do corpo Masoquista

Formato do corpo

Não podemos esquecer que o desenvolvimento dos traços não molda apenas a mente de uma pessoa, o corpo também é moldado.

Tudo isso para poder sobreviver ao mundo sem ter que lidar com a dor da humilhação. E o formato do corpo de pessoas com muito do traço de masoquista poderá apresentar as seguintes características:

Formato do corpo Masoquista

Cabeça:

Sua cabeça tem um aspecto quadrado.

Tronco:

Quadrado com peso nos ombros e musculatura mais densa.

Pernas:

Bem grossas e com musculatura bem dura.

São essas características que nos ajudam a identificar quais são os principais traços de caracteres de uma pessoa.

Conheça os outros
traços de caráter

Power by::